0800 15 66 11 ou (11) 3649-4000 - Seg à Sex das 8:15 as 19:00 - Sábado das 09:00 as 15:00.
Seu portal de conteúdo especializado em ar-condicionado!
Nossas redes sociais:

5 erros de instalação de ar-condicionado (e como evitá-los)

O ar-condicionado se tornou um aparelho essencial para qualquer residência. Afinal, nada melhor do que se refrescar nos dias mais quentes do ano, não é mesmo?

No entanto, seja para economizar com técnicos ou simplesmente pela ansiedade de usar logo o produto, muitos consumidores acabam realizando a instalação de ar-condicionado incorretamente.

Para que você não tenha futuras dores de cabeça com o seu aparelho de ar-condicionado, confira aqui os 5 erros mais comuns na hora de instalar o equipamento e saiba como evitá-los!

1. Escolher local inapropriado

Para que o ar-condicionado funcione corretamente, é fundamental escolher um ambiente adequado para a instalação.

Verifique com cuidado a exposição climática, a altura e a distância entre as unidades (sempre se lembrando que esses pontos devem ser analisados antes mesmo de sua aquisição na loja).

É importante ressaltar que a área precisa ter espaço o bastante para a retirada dos filtros para a higienização, além de manutenções no futuro.

Outra questão essencial é que não deve haver obstáculos que afetem a saída de ar do objeto. 

2. Não fazer o vácuo

Por conta da ausência de uma lei que impõe essa técnica na instalação do ar-condicionado, geralmente o vácuo não é realizado.

O vácuo tem a função de deixar a tubulação limpa eliminando umidade e qualquer vestígio de sujeira. Deve ser realizado na instalação e quando for efetuada a recarga de gás, no momento em que será eliminado o restante do gás velho. 

É muito importante fazer o procedimento para garantir a total eficácia do produto. Negligenciar o método traz desvantagens como a redução de sua vida útil.

Se você contratou alguém para realizar a instalação, exija a realização do vácuo. Se você mesmo for instalar o aparelho, não deixe de realizá-lo, mesmo que isso leve um tempo a mais na hora de inserir o instrumento.

3. Não conferir os drenos

Importantes itens do equipamento, eles impedem que a umidade fique no interior do espaço. Se não forem bem instalados, podem ocorrer problemas como a liberação de partículas que ocasionam infiltração em paredes e tetos perto do ar-condicionado. 

Para evitar problemas, faça uma verificação como medida preventiva depois da instalação. Se não tiver experiência, peça a ajuda de um especialista do ramo.

4. Obstrução de outros itens

É fundamental averiguar com atenção se o aparelho se encontra em uma área desobstruída e sem outros utensílios próximos. 

Isso porque eles impedem o correto fluxo do ar. Dessa forma, a unidade fica sobreaquecida e pode danificá-la. 

Portanto, certifique-se que há espaço o bastante para o ar circular no ambiente no ato da instalação.

5. Não efetuar testes de vazamento de gás refrigerante

Depois da inserção, confira o sistema para ter certeza de que não há nenhum resíduo de vazamento de gás. Se existir algum vestígio, o ar-condicionado não terá a mesma eficácia.

O dispositivo até funcionará por certo período, dando a impressão de que não há nada de errado. Mas o rendimento cairá lentamente, e ainda há o risco de o ar não climatizar mais os cômodos.

Achou que nosso artigo sobre erros de instalação de ar-condicionado foi útil para você? Então continue sua leitura por aqui e confira nossas dicas exclusivas para escolher um bom equipamento!

Posts Relacionados

CONTEÚDOS GRATUITOS
Coloque seu e-mail abaixo para receber gratuitamente mais conteúdos como este!

Digite seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *